Um segredo dos Deuses…

Na Grécia, entre as ilhas Cíclades encontramos uma pequena ilha, cheia de charme e pequenos tesouros. Poucos a conhecem e o turismo por lá está muito longe de se comparar a outras belas, mas não tão calmas, ilhas da Grécia. Esta pequena ilha, pintada de casas brancas com portas e janelas coloridas transpira calma e tranquilidade, sendo um destino ideal para relaxar e descontrair.

IMG_4368
Vista ao chegar à Ilha

É um prazer passear pelas suas ruas silenciosas, cheias de aromas frescos e de árvores floridas. As casas brancas com madeiras dos mais diversos tons de azul, com promenores curiosos, fazem-nos parar várias vezes em cada rua, só para as apreciar. A cada esquina, um gato vem para nos acompanhar no passeio. Se o passeio for nocturno e em zonas menos movimentadas, acompanha-nos o som das cigarras.

Um passeio de carro (ou mota) pela ilha é bastante aconselhável, para além de conhecer as diferentes cidades e vilas, vai-se deparar com paisagens deslumbrantes e praias admiráveis.

As praias de Milos são repletas de formações rochosas, pela sua origem vulcânica. Visite Kleftiko, famosa pelas suas águas cristalinas e incríveis formações rochosas repletas de grutas,  e à qual só se pode aceder de barco desde o porto de Adamos.

Praia de sonho, pelo seu enquadramento e por ser uma aldeia de pescadores, é a de Fyropotamos. Nada como dar um mergulho nas suas águas transparentes e cristalinas (como todas nesta ilha) e apreciar o seu enquadramento paisagístico. De um lado o verde da natureza que a rodeia, do outro formações rochosas, casas de pescadores e a sua capela branca, contornada com um azul discreto. Um sonho!

IMG_4474
Vista para a praia de Fyropotamos
IMG_4478
Praia de Fyropotamos – igreja e casas de pescadores
IMG_4552
Águas cristalinas

Outra praia deslumbrante, desta vez, pela sua beleza natural é a de Fyriplaka, longa e rodeada por rochas vulcânicas de cores impressionantes.

IMG_4646
Praia de Fyriplaka

Perto desta praia, encontramos uma outra, Tsigrado, de muito difícil acesso, mas que nos presenteia com uma baia de águas esmeralda. Achivadolimi, Kapros, Ag. Sostis, Paliochori, Provatas e Papafragas também são praias que merecem uma visita.

Algo que caracteriza Milos são as syrmata, casas cravadas nas rochas, mesmo em frente ao mar. Estas construções, originárias do seculo IXX, foram feitas quando os habitantes das ilhas deixaram de ter receio dos piratas e dos turcos e se aproximaram do mar. Nas Syrmatas colocavam os seus barcos de forma a protegê-los das tempestades. A parte de cima destas casas era, usualmente, para descanso dos pescadores, que assim evitavam regressar às suas casas todos os dias. A partir do sec. XX estes edifícios começaram a ser usados como casas de férias. Exemplo destes edifícios são encontrados na praia de Fyropotamos, de que já falamos, à qual se juntam Klima, Mandrakia, Ag. Konstantinos, Mytakas, entre outras.

IMG_4900
Klima – aldeia de pescadores
IMG_4568
Mandrakia

As vilas cidades de Milos são ricas em história e cultura.

Adamos (diamante) é o principal porto de Milos. A arquitectura do seculo IXX foi preservada em muito boas condições.

IMG_4448
Vista para Adamos

Actualmente é o principal centro de actividade da ilha, com bons restaurantes, cafés e lojas de produtos locais. Não perca uma deliciosa sobremesa ou um gelado fresco na Angeliki, uma loja de gelados caseiros, decorada em tons de pastel, em harmonia com a cor dos seus produtos.

Plaka é a capital de Milos. Situa-se no cimo de um monte, junto ao mar. Ruas pitorescas construídas com restos de um castelo e edifícios antigos edificados com o objectivo de protecção contra ataques dos piratas, são o que a caracterizam. Marmara, a sua “varanda “ virada ao mar, oferece vistas fantásticas sobre a entrada do porto, especialmente ao pôr-do-sol.

Pollonia, é uma cidade turística e o segundo porto da ilha, fazendo a ligação à ilha de Kimolos, caracterizada por praias de areia e árvores tamarix, mas também por uma diversidade de tabernas e bares junto ao mar, onde pode deliciar-se com uma saborosa refeição grega.

IMG_4629.JPG
Esplanada em Pollonia

E qual a melhor maneira de chegar a este paraíso grego? Viajar de avião até Atenas, aproveitar para visitar a cidade e dirigir-se ao porto de Piraeus para apanhar um ferrie em direcção e esta imperdível ilha.

Aproveite!

Jasmim

3 comments

  1. Invejo a tua memoria. Das viagens trago sempre lambanças visuais, cheiros e sabores que me fazem viajar novamente.
    Já tu, és uma verdadeira “trip advisor”.
    Queiram os Deuses que eu lá volte novamente, que eu seguirei os teus conselhos.

    Liked by 1 person

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s