O lugar onde os sonhos se concretizam!

O sol voltou e nós, inevitavelmente, voltamos ao Curto.
O nosso pequeno cantinho que é muito mais que um simples local de encontro onde se bebe e se come uns petiscos maravilhosos. É uma espécie de terapia, uma tarde no Curto lava-nos a alma!! Há algo mágico neste espaço, ou se calhar, é o espírito com que nós saímos de casa quando o programa é uma ida ao Curto… é a certeza do carinho com que somos recebidos e das amizades que ali se fizeram, ou dos amigos de sempre que nos acompanham nestas tardes e que fazem com que cada bocadinho que lá passamos seja especial! Este espaço tem essa característica, transforma encontros informais em “momentos”.
IMG_6622
Mas desengane-se quem pensa que a magia do Curto se cinge a comes e bebes. Este casal fantástico que nos recebe com um sorriso nos lábios, não pára de nos surpreender com novas iniciativas. Uma verdadeira lição, fazer o bem pelo bem, só porque é correto e porque dar um contributo é algo que eles levam à letra… sem o objetivo de receber algo em troca.
Todos nós temos um sonho … a Dani, sonhava apanhar lixo, limpar as praias, e foi aqui que finalmente o conseguiu concretizar, e mobilizar outros para o fazerem também.

Fui ajudar nesta tarefa e conhecer os “bastidores” do Curto. Confirmei as minhas suspeitas, é nas actividades que se levam a cabo quando o portão de madeira se encerra que está a verdadeira riqueza desta associação.

Com a ajuda da Ana – que muito nos tem ensinado sobre a temática do lixo com as suas palestras de “Lixo zero” – a Dani e mais alguns voluntários, adultos e crianças, partem para uma caminhada de uma hora e meia para limpar a praia. Se a praia é de todos nós e gostamos de usufruir dela, então, é nosso dever ajudar a manter e a cuidar dela.
É absolutamente inacreditável a quantidade de lixo que dá à costa, que voa para a praia ou até que ali é deixado. A recolha é seletiva e só hoje é que eu percebi realmente o porquê deste nome… o lixo é muito e a tentação e vontade de o apanhar todo transforma esta tarefa em algo demasiado grande, quase impossível de levar a cabo. Assim sendo, cada segunda-feira de manhã a partir das 10:30H  apanha-se lixo diferente.
Hoje, foi a vez do plástico rígido – garrafas, brinquedos partidos, etiquetas, tampas, pneus, embalagens, bocados e bocados de plástico colorido que andam espalhados pela areia e que parece que nascem de semana para semana. Ao mesmo tempo, a difícil tarefa de apanhar todos esses bocados mais pequeninos, quase desfeitos que se misturam na areia e constituem o micro plástico.
Em paralelo, continua a recolha de palhinhas, chupas e cotonetes. É impressionante as quantidade de cotonetes… são centenas!!
Deixo-vos as imagens que falam por si … e isto foi só o resultado da recolha de hoje!
Dá que pensar não dá? Vamos aprender a reverter esta situação e mudar comportamentos. No Curto, já foram abolidas as palhinhas.
Esta é a verdadeira lição, mais importante do que ajudar a limpar o lixo é aprender a fazer menos lixo.
É um grande orgulho fazer parte desta associação e aprender com eles.

Até breve!

Texto e fotos Ariel

2 comments

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s