Be brave and be kind

Foi graças a esta velha máxima e todos os motivos nobres que envolvem a causa de doar sangue que me aventurei a fazê-lo.

Depois de um almoço com uma amiga, a próxima paragem foi no IPO,  comportamento recorrente dela nesta data.

Entramos e percebi que a intenção não era apenas de ter companhia mas participar de forma, no meu caso, quase voluntária na doação de sangue, dado os meus medos e traumas antigos de agulhas.

Foi feita uma primeira colheita para rastrear a capacidade de poder doar, níveis de hemoglobina, seguiu-se a consulta com a médica para analisar os vários despistes (nomeadamente peso e um questionário).

Durante o processo foi necessário por várias vezes ajustar a agulha, mas depois de concluído o correspondente a 400ml de sangue, tudo corria bem até me sentar no bar para escolher o lanche oferecido pelo IPO, acabei por desmaiar.

A equipa foi incansável e ainda fiquei em repouso durante 1hora.

Apesar de perceber que a minha dificuldade com agulhas se mantinha, a premissa de que doar sangue salva vidas deve ser o lema que impera na decisão.

Deixo um excerto da página do Instituto Português do Sangue e da Transplantação que faz referencia onde, quando, como e porquê doar sangue.

«Quem pode doar sangue?

Podem doar sangue todas as pessoas com bom estado de saúde, com hábitos de vida saudáveis, peso igual ou superior a 50 kg e idade compreendida entre os 18 e 65 anos.  Para uma primeira dádiva o limite de idade é aos 60 anos.

Onde e quando posso doar sangue?

Nos Centros de Sangue e Transplantação (CST) de Lisboa, Coimbra e Porto, nos locais onde se efetuam brigadas móveis de colheita de sangue e nos Serviços de Imunohemoterapia hospitalares, com colheita a dadores.

É necessário levar algum documento?

Sim. O Bilhete de Identidade/Cartão do Cidadão se for a primeira vez que dá sangue. Caso seja dador regular, deve levar o Cartão Nacional do Dador de Sangue.

A dádiva de sangue é remunerada?

Não, a dádiva de sangue é benévola e não remunerada.

Com que frequência posso doar sangue?

A doação de sangue pode ser feita de quatro em quatro meses pelas mulheres e de três em três meses pelos homens.

Para saber mais, consulte:

Instituto Português do Sangue e da Transplantação, IP – http://www.ipst.pt /http://www.dador.pt/»

Aconselho que vejam mais informações na página http://www.dador.pt, e sigam a página do facebook – https://www.facebook.com/Dador

Dê Sangue. Salve Vidas!

One comment

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s