Operação Plástica

Quem passa habitualmente no passeio da Aguda ou é assíduo frequentador do Curto, não ficou certamente indiferente ao que se passou na semana de 30 de Abril a 5 de Maio. À entrada da Associação, esperava-nos o Adamastor! Um monstro trazido pelo Ricardo, feito com lixo apanhado na praia e que simboliza a calamidade que é a quantidade de plástico que existe nas praias e nos oceanos.

plastico_5

Escolhi vê-lo, não como símbolo de uma tormenta mas, na minha interpretação, como símbolo de esperança… a esperança de que algo vai mudar, porque faz sentido e é a única forma de encararmos o futuro. Aprendermos sempre mais e passarmos à ação. Já vos tinha falado da recolha seletiva de lixo que, desde Janeiro e sempre que o tempo permite, é levada a cabo pelos sócios e amigos da Associação. Desta vez, foi ainda mais abrangente e com mais impacto!

No passado dia 30 de abril começou a primeira residência artística no Cultura Curto Espaço,  chamada Operação Plástica – o convidado foi o artista plástico Ricardo Nicolau de Almeida que constrói obras de arte com lixo plástico recolhido da praia. Durante uma semana a Ni e o Rui, acompanhados por alguns sócios e pela  Ana Milhazes (que nos vai brindando com as suas ações de sensibilização que nos ensinam como produzir menos lixo) levaram a cabo a sua habitual limpeza seletiva da praia para apanhar plástico. Desta vez com uma particularidade, o Ricardo foi convidado a permanecer na Aguda durante uma semana com a finalidade de, com o plástico apanhado na praia, produzir uma instalação artística no Cultura Curto Espaço.

plastico_6

No primeiro dia, com o plástico apanhado na praia, e com a ajuda de todos os que participaram nessa recolha seletiva, foi criada uma mandala, separando o plástico  por forma a criar um degradé cromático. Durante os restantes dias da semana, o Ricardo foi utilizando esse plástico, e outro que entretanto iam apanhando, para criar a sua obra, colando os pedaços de plástico nas paredes do Curto. A composição que daí resultou representa uma paisagem. Foi traçada uma linha, como se fosse a linha do horizonte, em cima ficou o azul e o branco que parece representar o céu e por baixo o laranja e amarelo que representam o pôr do sol.

A intenção do Ricardo foi, através da sua obra criar em nós um sentimento de amor/ódio… uma obra bonita mas que ao mesmo tempo representa uma realidade horrível que é a poluição das praias e dos oceanos. Parabéns! O objetivo foi completamente conseguido.

plastico_8

Foi uma semana de aprendizagem, com projeção de vários vídeos sobre a temática do plástico, minutos de silêncio em homenagem aos animais que morrem devido à existência de plástico no mar, muito trabalho e ambiente de festa. No quarto dia houve uma exposição de desenhos do lixo. No sexto dia de atividades, antes da inauguração da obra do Ricardo, saiu à rua uma parada que representava o monstro plástico e que andou pela Aguda em mais uma ação de sensibilização.

 

Esta residência artística não passou despercebida e teve até presença da RTP .

plastico_1

Antes de terminar, partilho com vocês algumas curiosidades, números assustadores… e alguns princípios que todos nós podemos e devemos pôr em prática.

Todos os anos, 4,5 milhões de toneladas de plástico vão parar ao mar. Desde Janeiro até agora, com a recolha seletiva de lixo levada a cabo pelo Curto, percebemos que as beatas de cigarros são o item mais encontrado na praia e as cotonetes são o segundo. Palhinhas e paus de chupa aparecem igualmente em quantidades abismais!!

9000 cotonetes – 1000 palhinhas – 1200 paus de chupaplastico_7

Com a Ana Milhazes aprendemos que melhor do que reciclar é mesmo aprender a fazer menos lixo. Com estas pequenas ações podemos todos ajudar:

  • Devemos Recusar aquilo que não necessitamos
  • Reduzir o que necessitamos
  • Reutilizar aquilo que consumimos
  • Reciclar aquilo que não conseguimos recusar, reduzir ou reutilizar.
  • Se tiver de adquirir um produto novo, escolha vidro, metal ou cartão. Evite plástico
  • Fazer compostagem

Parabéns por mais uma excelente iniciativa. Estejam atentas(os), haverá outras!

Até breve!

 

Texto Ariel
Fotos gentilmente cedidas pela Associação Cultura Curto Espaço

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s