Dicas para umas Férias mais felizes

A importância das férias.

As férias ajudam a diminuir o stress, a relaxar e a aumentar os níveis de energia e de criatividade.

O nosso organismo precisa de uma pausa periódica para recuperação do desgaste físico e mental. Quando conseguimos “recarregar as nossas baterias” podemos retomar ao trabalho mais bem dispostos e produtivos. As férias são uma necessidade.

Para que este período seja agradável e vivido de forma relaxante, sugerimos-lhes algumas dicas:

Seja realista: Há pessoas para quem as férias são momentos de verdadeiro descanso e relaxamento, mas há outras para quem são um grande período de tensão e fonte de stress.

Talvez porque ficam demasiado impacientes para as tão aguardadas férias, elaborando expectativas demasiado elevadas ou irrealistas relativamente ao bem-estar que imaginam atingir nesse período.

Planeie: Programe períodos de relaxamento e diversão (é importante termos tempo disponível para atividades sociais, culturais ou desportivas, para organizarmos tudo aquilo que não conseguimos com a azáfama do ritmo de trabalho), assim como divida algumas tarefas (p.e. cuidados a ter com as crianças, tarefas domésticas , etc).

Companhia. As férias são habitualmente passadas ao lado dos que nos são mais próximos mas, por vezes, não estamos em sintonia com a(s) pessoa(s) que escolhemos passar as nossas férias. Queremos fazer algo diferente, temos ritmos biológicos mais ou menos acelerados ou gostos diferentes.

Procure perceber que isto é normal acontecer e gira esses conflitos de interesses da forma mais harmoniosa que conseguir. Talvez possa negociar com os familiares ou amigos e alternarem programas preferenciais de forma a agradar a todos. Ao ceder e fazer o programa dos outros, quem sabe não se diverte e descobre novas aptidões e gostos?

Insatisfação Corporal. No Verão existe também uma grande preocupação com o corpo, uma vez que está habitualmente mais exposto. A insatisfação com a aparência física pode provocar constrangimentos em algumas situações sociais (p.e. ir à praia ou a festas) e consequentemente ao isolamento.

Goste de si o ano inteiro. Não desperdice as férias, elas são curtas demais. Vá!

Novo Ritmo. Existe uma necessidade inerente às férias de nos adaptarmos ao novo ritmo de sono e de alimentação, por vezes à mudança de local, atividade física diferente, ao convívio diário com quem nos desabituámos de lidar. Sair da rotina é bom, pois muitas vezes inibe a criatividade e a produtividade, pelo que encare de forma positiva e usufrua dessas novas experiências.

Dificuldades Financeiras. Quando pensamos em férias muitas vezes planeamos sair de nossa casa e ir para um local diferente do habitual o que implica algum investimento monetário. Pessoas com dificuldades financeiras podem sentir dificuldades na sua concretização o que pode levar a sentimentos de frustração.

Lembre-se que o importante não é para onde vamos mas com quem estamos. Não precisamos ir além das nossas possibilidades para descansar, relaxar e ser feliz. Use a criatividade!

E, se isso é um problema, aproveite o tempo disponível para delinear uma estratégia onde possa economizar para as próximas férias.

Não abdique de Férias. Esta é uma boa altura para usufruir de momentos de bem-estar e satisfação. Respeite as suas necessidades para que possa conviver em maior paz e harmonia. Aproveite!

Todos precisamos de férias! Faça o melhor com elas!

image1

Cinderela

 

Nota: Texto Adaptado de Catarina de Castro Lopes (Directora Clínica do Departamento de Psicologia) WHITE CLINIC

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s